segunda-feira, 29 de junho de 2009

Um poeminha....


É claro que a vida é boa

Mas nem sempre estamos contentes.

Basta um pouco de realidade

Mesclada à nossa idiossincrasia

-Eis a máxima do cotidiano:

"tudo que é bom dura pouquíssimo".

Eu mesmo sei de cor

que a hipocresia é coisa muito feia

Porém é dela que sobrevivem os homens

Quanto dizem a si mesmos que tudo irá bem

Bas mais um pouco de realidade

-Eis mais uma máxima do cotidiano:

"aqui se faz, aqui mesmo se paga"

E quando tudo parece tão turvo,

Dá-me uma pulsão criativa

E escrevo esta bosta de poema.


(Nilton Júnior)

Um comentário:

  1. Meio pessimista, mas realista e um tanto tosco! Parabéns!

    ResponderExcluir